Mais de 200 mil pessoas manifestaram-se no passado sábado em Lisboa, numa poderosa jornada contra a intenção do governo PSD/CDS-PP de liquidar freguesias, num ataque ao poder local democrático conquistado com a revolução de Abril, pondo em causa os direitos, necessidades e anseios das populações.

Numa manifestação em que se apelava ao envolvimento e participação total das Freguesias, foram muitos os eleitos e activistas da CDU no Concelho de Loures que estiveram presentes, cumprindo o seu dever e compromisso de defender os interesses da população do Concelho e os postos de trabalho dos funcionários das Juntas de Freguesia.

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, que também desceu a Avenida da Liberdade, considerou uma "resposta espantosa" do povo português de "condenação" ao Governo a "grande manifestação" contra a reorganização das freguesias.

A luta não acaba aqui. Todos temos de defender a manutenção das Freguesias!

Ver Galeria de Imagens»

Share/Save/Bookmark
 



A CDU realizou no passado dia 17 de Março no Largo 4 de Outubro, em Loures uma Tribuna Pública de esclarecimento sobre a proposta do governo PSD/CDS-PP de extinção de freguesias e a oportunidade da Greve Geral de 22 de Março como forma de intensificar a luta dos trabalhadores e do povo português visando alterar o rumo das políticas de direita que conduzem o País ao empobrecimento.

Participaram na Tribuna Pública, Armindo Miranda, membro da Comissão Politica do PCP e António Pombinho, vereador da CDU na Câmara Municipal de Loures.

Share/Save/Bookmark
 

Os Vereadores da CDU na Câmara Municipal de Loures entregaram hoje ao Ministro da Saúde, durante a inauguração do Hospital de Loures, uma Carta Aberta manifestando a sua posição e reivindicações face ao encerramento das urgências do Hospital Curry Cabral e ao encaminhamento das populações das freguesias de Santa Iria de Azóia, São João da Talha, Bobadela, Sacavém, Moscavide, Prior Velho e Portela para o serviço de urgências do Hospital de São José.

Durante a inauguração do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, os autarcas da CDU mostraram-se igualmente solidários  com as comissões de utentes e população  que  se manifestou em protesto pelas medidas que o governo tem vindo a tomar na área da saúde e exigindo melhores condições dos serviços de saúde no Concelho de Loures.

Ler Carta Aberta dos Vereadores da CDU »» 

Share/Save/Bookmark
 

Aproveitando a presença do Ministro da Saúde na inauguração do Hospital de Loures, as Comissões de Utentes dos Concelhos de Loures e Odivelas manifestaram-se ontem, dia 10 de Março junto ao hospital exingindo melhores condições de saúde e cuidados de saúde acessiveis a todos.

As taxas moderadoras, a falta de médicos de saúde, o encerramento do Serviço Básico de Saúde de Santo António dos Cavaleiros, a diminuição do horário de funcionamento do CATUS de Moscavide e a intenção de encerrar o de Odivelas, bem como o encerramento das urgências do Hospital Curry Cabral e o encaminhamento da população para as urgências do Hospital São José, motivaram o protesto das populações dos dois Concelhos.

 

Share/Save/Bookmark

Continuar...

 


Já está em distribuição mais uma edição do jornal "LouresCDU".

A Greve Geral do próximo dia 22 de Março e a política de empobrecimento do País, seguida pelo Governo PSD/CDS-PP, o novo Hospital de Loures e a proposta de extinção de freguesias são matérias em destaque.

Leia aqui o Jornal em pdf »»  

Share/Save/Bookmark
 

PS, PSD e CDS-PP acordaram com a “Troika” (FMI, UE, BCE) a redução do número de freguesias no País.
 
O atual governo “fechado num gabinete”, sem ouvir as populações e seus eleitos, sem a mínima preocupação com interesses das populações, inventou critérios cujo propósito é o de chegar ao resultado de extinguir centenas de freguesias, independentemente das consequências que tal iniciativa tenha para as respetivas populações.

Os “critérios” utilizados pelo Governo a serem aprovados teriam um impacto significativo no concelho de Loures.

Isto não faz sentido. E porquê?
 
Porque a “poupança” é quase zero, podendo mesmo em muitos casos aumentar as despesas.

Share/Save/Bookmark

Continuar...

 


O salão de Junta de Freguesia de Camarate encheu-se na sessão sobre saúde realizada no Sábado, 25 de Fevereiro. Silva Santos, médico com ligações ao concelho de Loures, foi o convidado, tendo as suas explicações sobre o negócio em que a saúde se tornou prendido a atenção de quem lá esteve.

O Hospital de Loures e os seus acessos, as parcerias público-privadas com o que têm de ruinoso para o país, o desinvestimento sistemático dos sucessivos governos na área da saúde e as dificuldades acrescidas de acesso das populações foram alguns dos temas versados.

Share/Save/Bookmark
 

O Governo apresentou, recentemente, na Assembleia da República, uma proposta de Lei sobre a Reorganização Administrativa Territorial Autárquica, que, a ser aprovada, motivaria o desmantelamento da estrutura administrativa portuguesa, tal como a conhecemos.

Esta proposta visa impor, de forma administrativa e autoritária, a redução substancial do número de freguesias existentes, destruindo uma rede de serviços públicos de proximidade que, em muitos casos, são o mais importante ou mesmo o único ponto de apoio a populações carenciadas.

Perante este primeiro avanço na ofensiva global sobre o Poder Local Democrático, a que outros se seguirão, nos capítulos de redução do número de municípios, das competências, do financiamento e gestão e do setor empresarial local, os eleitos da CDU na Câmara Municipal de Loures apresentaram uma moção propondo que a Câmara rejeitasse desde já a proposta do Governo, bem como manifestasse a todos os eleitos das freguesias e seus fregueses, a sua solidariedade e disponibilidade para, em conjunto, trabalhar para impedir a extinção forçada das freguesias do Concelho de Loures.

A moção da CDU foi aprovada por unanimidade.

Artigos relacionados:

- Assembleia Municipal de Loures rejeita Documento Verde da Reforma da Administração Local

- Santo Antão do Tojal: Sobre a extinção da Freguesia, PS mostra total hipocrisia


- Freguesia de Bucelas em risco! Pode ser anexada ou extinta 

Share/Save/Bookmark
 

A Assembleia Municipal de Loures rejeitou ontem por maioria o “Documento Verde da Reforma da Administração Local” do governo PSD/CDS-PP que preconiza entre outras coisas a extinção/agregação de freguesias e a alteração à lei eleitoral para as autarquias locais, tendente à existência de executivos de uma só força partidária.

A supressão das freguesias, impostas pelo acordo assinado pelo PS, PSD e CDS com a “troika”, implicaria no Concelho de Loures a supressão/agregação das freguesias de Bucelas, Fanhões, Frielas, Lousa, Santo Antão do Tojal e São Julião do Tojal.

 

Share/Save/Bookmark

Continuar...

 

Na passada segunda-feira, 30 de Janeiro, Bernardino Soares, líder parlamentar do PCP e eleito da CDU na Assembleia Municipal de Loures, esteve no Hospital de São José, em Lisboa para denunciar e alertar para as condições de atendimento do serviço de urgências daquele hospital na sequência da decisão do Governo PSD/CDS-PP de fechar as Urgências do Hospital Curry Cabral e enviar os utentes para o Hospital de São José.

 

Em conferência de imprensa, Bernardino Soares repudiou a decisão do governo e advertiu para a sobrelotação e difíceis condições de acesso para os utentes do Hospital de São José.

 

O PCP e a CDU exigem o reencaminhamento dos utentes – cerca de 100 mil – das freguesias de Santa Iria de Azóia, São João da Talha, Bobadela, Sacavém, Portela, Prior Velho e Moscavide para o novo Hospital de Loures ou a reabertura das urgências do Hospital Curry Cabral.

 

Nesta acção participaram também dirigentes do PCP nos Concelhos de Loures e Lisboa, e eleitos da CDU no Concelho de Loures, entre eles, Maria Eugénia Coelho, vereadora da CDU na Câmara Municipal de Loures e Ernesto Costa, Presidente da Junta de Freguesia de Santa Iria de Azóia.

 

Share/Save/Bookmark
 

SIGA-NOS NO FACEBOOK

SAIU O AVANTE

FESTA DO AVANTE

festadoavante-cartaz2018.jpg

ADERE AO PCP

adere_orl_pcp_2014.jpg

NEWSLETTER



Receber em HTML?

PROCURAR NA PÁGINA