Mais de um milhão de portugueses já estão no desemprego, mas apenas 296 mil recebem subsídio de desemprego.

A politica deliberada da "troika" FMI-BCE-CE e do governo PSD/CDS de recessão económica, e de destruição do tecido económico e social do país, para tranquilizar os credores, está a fazer disparar o desemprego.
Segundo os dados que o INE acabou de divulgar, referentes ao 3º trimestre de 2011, a taxa oficial de desemprego subiu 12,4% mas a taxa de desemprego efectivo calculada utilizando também dados do INE (soma-se ao desemprego oficial os "inactivos disponíveis" e o "subemprego visível" que são trabalhadores que, apesar de estarem na situação de desemprego real, não são considerados nos números do desemprego oficial), atingiu 18,2%. É um aumento muito grande como mostra o gráfico seguinte construído com dados do INE.

 

Share/Save/Bookmark

Continuar...

 

Face às propostas apresentadas pelo Grupo de Trabalho para a “Simplificação tarifária e a Reformulação da Rede de Transportes da Grande Lisboa”, nomeado pelo Governo, os eleitos da CDU apresentaram na reunião da Câmara Municipal de Loures, realizada ontem, dia 9 de Novembro, uma moção repudiando veementemente as intenções de redução da oferta pública de transportes no Concelho de Loures.

A moção foi aprovada por unanimidade.

O serviço da CARRIS é necessário e no concelho de Loures não prescindimos dele

Foi recentemente criado pelo Governo um Grupo de Trabalho para a “Simplificação tarifária e a Reformulação da Rede de Transportes da Grande Lisboa”.

Este Grupo de Trabalho propôs, entre medidas gravosas para os cidadãos, a eliminação de 6 carreiras da CARRIS que atualmente servem o Concelho de Loures, nomeadamente as carreiras: 21, Saldanha - Moscavide; 22, Marquês de Pombal -Portela; 25, Estação do Oriente - Prior Velho; 207, Cais do Sodré - Fetais; 210, Cais do Sodré - Prior Velho; 745, Terreiro do Paço - Prior Velho, bem como o “encurtamento” de outras como a 717, atualmente Praça do Chile - Fetais; 28, atualmente Restelo - Portela; a 31, atualmente Moscavide - Av. José Malhoa; a 44, Moscavide - Cais do Sodré; a 781, atualmente Cais do Sodré - Prior Velho.

A serem concretizadas estas medidas, a freguesia de Camarate deixaria de ter serviço da CARRIS, a da Portela ficaria só com uma carreira (83) durante a semana e sem carreira ao fim-de-semana; a do Prior Velho ficaria sem serviço da CARRIS ao fim-de-semana.

A consumar-se, esta proposta conduziria a uma redução brutal da já deficitária oferta de serviço público de transportes no Concelho de Loures empurrando milhares de cidadãos para o transporte individual e deixando todos aqueles que não o podem utilizar, nomeadamente os mais pobres e os idosos, sem soluções.

Share/Save/Bookmark

Continuar...

 

 

Câmara aprova taxas de IMI e nomeia o Conselho de Admimistração dos SMAS

Na reunião da Câmara Municipal de Loures, realizada em 9 de Novembro de 2011, estiveram em análise e discussão a nomeação do Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados de Loures e a as taxas de IMI - Imposto Municipal sobre Imóveis, a vigorar em 2012.

A CDU apresentou propostas alternativas às da maioria PS, nomeadamente a redução do número de elementos do Conselho de Administração dos SMAS e a redução das taxas de IMI a vigorar em 2012.

As propostas da CDU foram rejeitadas.

 

Share/Save/Bookmark

Continuar...

 



A Câmara de Loures deixa o lixo acumular-se nas ruas;

Os contentores não são lavados e não se pode com os cheiros;

Aumentou a factura dos SMAS e pioraram os serviços;

Retiraram direitos e salário aos trabalhadores


São incompetentes ou deixam degradar para privatizar?
Ou as duas coisas?

Share/Save/Bookmark
 

Em comunicado (ler aqui) , a CDU da Bobadela denuncia a falta de condições no acesso à saúde na freguesia, e apela à subscrição de um abaixo-assinado que exige a resolução dos problemas mais graves da freguesia no que respeita ao acesso à saúde: remodelação do centro de saúde; preenchimento dos quadros de pessoal; médico de família para todos; existência de cuidados de saúde domiciliários.

  Subscrever abaixo-assinado

                                                                                                                                                                                                                                                                  

Share/Save/Bookmark
 


A célula do PCP no Município de Loures, editou mais um número do "CONSTRUIR", o seu Boletim Informativo.

As medidas tomadas por este Governo contra os trabalhadores e a população, como os cortes nos subsídios de férias e de natal, o aumento do IVA na electricidade e no gás, são matérias em destaque na edição de Novembro de 2011.

A Célula dos trabalhadores comunistas no Município de Loures faz também um apelo à participaçãp dos trabalhadores nas acções de luta contra esta política, nomeadamente a sua participação na Greve Geral, marcada para o próximo dia 24 de Novembro.

Ler Construir em pdf»

 

Share/Save/Bookmark
 


A recente decisão, por parte do Governo, de aumentar a taxa do IVA de 6% para 23% na energia elétrica e gás, constitui mais uma medida gravosa para os orçamentos e sobrevivência das famílias, das empresas e dos municípios.

Das famílias, porque os rendimentos médios dos portugueses são insuficientes para fazer face a uma crescente escalada de preços de bens e serviços essenciais.

Das empresas, porque a sua competitividade é gravemente afetada.

Dos municípios, porque, na atual situação financeira, este aumento se torna insuportável.

Ler Moção em PDF

Share/Save/Bookmark
 


A CDU na freguesia de Santo Antão do Tojal organizou no passado dia 22 de Outubro, um debate intitulado "A situação económica e social. Propostas ao povo português".

Participou neste debate, Vasco Cardoso da Comissão Política do PCP

Share/Save/Bookmark
 



Mais de 5000 pessoas responderam ao apelo do PCP e participaram no desfile que percorreu as ruas da «baixa» de Lisboa. Numa jornada de luta contra o pacto de agressão que se insere no movimento de massas e marca o arranque de um conjunto de iniciativas promovidas pelo PCP.

Share/Save/Bookmark
 

 

 

No debate quinzenal no dia seguinte ao anuncio das medidas que vão ser apresentadas no Orçamento do Estado, Jerónimo de Sousa afirmou que estas medidas são gravíssimas e violentas para os trabalhadores e para o povo, enquanto que o capital financeiro continuará a roubar o país. A resposta a esta ofensiva terá a firme luta para as derrotar.

Share/Save/Bookmark
 

FACEBOOK

SAIU O AVANTE

ADERE AO PCP

adere_orl_pcp_2014.jpg

NEWSLETTER



Receber em HTML?

PROCURAR NA PÁGINA