EDUCAR PARA A CIDADANIA E SOLIDARIEDADE

Mais de uma centena de representantes da comunidade educativa de Loures – entre professores dirigentes de associações de pais e IPSS’s, auxiliares de educação e educadoras – reuniu-se num jantar, na sexta-feira (dia 22), com os candidatos da CDU à Câmara Municipal (Bernardino Soares e Maria Eugénia Coelho) e à Assembleia Municipal (Fernanda Santos), entre outros elementos das listas desta coligação às eleições autárquicas (1 de Outubro).

Este convívio serviu, sobretudo, para todos estes agentes educativos manifestarem o seu apoio ao programa da CDU para Loures nesta importante matéria, e “uma forma de reconhecer o grande trabalho que a câmara fez nos últimos quatro anos”, como salientou Maria Eugénia Coelho, para quem “o quadro educativo actual do concelho pouco tem tem a ver com o passado”.

E relembrou parte do trabalho realizado pelo actual executivo: “Abrimos 12 novas salas do pré-escolar; incentivamos a aposta na aprendizagem pela arte, através da distribuição um conjunto de materiais de artes plásticas e promovendo aulas de música; além do kit de material escolar que distribuímos aos nossos alunos e que ajudam a suavizar as diferenças sociais que existem; publicamos, ainda, o Guia das Respostas Educativas, e reforçamos as equipas multidisciplinares de técnicos, que têm tido um papel essencial para aumentar o sucesso educativo dos nossos jovens.”

E resumiu o objectivo do programa da CDU para Loures. “Não queremos apenas que tenham boas notas; queremos que saiam da escola inteiros, com uma forte consciência de cidadania, de bons princípios e da importância da solidariedade entre os homens.”

 

 

LUTAR CONTRA O BLOQUEIO

Reiterando os princípios enunciados por Maria Eugénia Coelho, Bernardino Soares valorizou “a excelente articulação e harmonia” entre os serviços da CML e todos os agentes educativos do concelho, cujo “trabalho tem dado frutos positivos”. Todavia, reforça a necessidade de “continuar todo este trabalho no futuro, no respeito pela autonomia de todas as instituições”, e alerta que “estas conquistas” podem ficar em causa se “não forem dadas à CDU todas as condições para que governe com estabilidade”.

Por isso, vincou a importância do reforço da votação na CDU para “afastar o risco de confusão e de instabilidade” na futura gestão da CML”. E pediu, “a todos aqueles que acham que a CDU fez um bom trabalho, mais força no próximo mandato, e que ajudem a consolidar a nossa acção”. “Para podermos governar com todas as condições, para superar a criação de dificuldades e de bloqueio que se perspectiva por parte das outras candidaturas, numa manifesta falta de respeito pelo resultado eleitoral”, sublinhou Bernardino Soares.

Share/Save/Bookmark

FACEBOOK

SAIU O AVANTE

ADERE AO PCP

adere_orl_pcp_2014.jpg

NEWSLETTER



Receber em HTML?

PROCURAR NA PÁGINA