O Governo apresentou, recentemente, na Assembleia da República, uma proposta de Lei sobre a Reorganização Administrativa Territorial Autárquica, que, a ser aprovada, motivaria o desmantelamento da estrutura administrativa portuguesa, tal como a conhecemos.

Esta proposta visa impor, de forma administrativa e autoritária, a redução substancial do número de freguesias existentes, destruindo uma rede de serviços públicos de proximidade que, em muitos casos, são o mais importante ou mesmo o único ponto de apoio a populações carenciadas.

Perante este primeiro avanço na ofensiva global sobre o Poder Local Democrático, a que outros se seguirão, nos capítulos de redução do número de municípios, das competências, do financiamento e gestão e do setor empresarial local, os eleitos da CDU na Câmara Municipal de Loures apresentaram uma moção propondo que a Câmara rejeitasse desde já a proposta do Governo, bem como manifestasse a todos os eleitos das freguesias e seus fregueses, a sua solidariedade e disponibilidade para, em conjunto, trabalhar para impedir a extinção forçada das freguesias do Concelho de Loures.

A moção da CDU foi aprovada por unanimidade.

Artigos relacionados:

- Assembleia Municipal de Loures rejeita Documento Verde da Reforma da Administração Local

- Santo Antão do Tojal: Sobre a extinção da Freguesia, PS mostra total hipocrisia


- Freguesia de Bucelas em risco! Pode ser anexada ou extinta 

Share/Save/Bookmark

SIGA-NOS NO FACEBOOK

SAIU O AVANTE

FESTA DO AVANTE

festadoavante-cartaz2018.jpg

ADERE AO PCP

adere_orl_pcp_2014.jpg

NEWSLETTER



Receber em HTML?

PROCURAR NA PÁGINA