A falta de investimento da Câmara Municipal de Loures na conservação e recuperação da Escola Básica nº 1 de Unhos ditou que, em 2009, os alunos tivessem que ser transferidos para contentores instalados na EB1 nº3, ocupando uma parte do logradouro.

Na altura, a Câmara informou que essa mudança seria temporária, até estar concluída a construção de uma nova escola que substituísse o antigo edifício.

Passados 4 anos, não se iniciou a construção de nenhuma escola nova que recebesse estes alunos.

O antigo edifício, entregue ao vandalismo, carece hoje de obras bem profundas, que aquelas que se identificaram há 4 anos e a Câmara Municipal de Loures põe como hipótese a desactivação desta escola e transferência definitiva dos alunos para a EB1 nº3, o que obrigará a alterações significativas no seu funcionamento.

Até lá, a falta de resposta do partido Socialista na Câmara Municipal de Loures terá custado vários milhares de euros em soluções provisórias, enquanto a degradação do edifício da Escola nº1, para o qual a Câmara Municipal não apresenta qualquer solução, se agrava continuando a ser um problema por resolver.

Entendemos ainda, que qualquer hipótese apontada pela Câmara Municipal de Loures necessita de ser debatida com os pais e a população de Unhos e de ser avaliada perante as condições concretas da freguesia, dos seus problemas sociais e educativos.

Ler comunicado em pdf »»

Share/Save/Bookmark

FACEBOOK

SAIU O AVANTE

ADERE AO PCP

adere_orl_pcp_2014.jpg

NEWSLETTER



Receber em HTML?

PROCURAR NA PÁGINA