Em conferência de imprensa realizada no passado dia 22 de novembro, Bernardino Soares fez um balanço do primeiro mês de mandato como presidente da Câmara Municipal de Loures.

Aos jornalistas, Bernardino Soares informou que a Cãmara está numa situação financeira pior do que o esperado, tendo que assumir uma dívida de compromissos anteriores que totaliza mais de 20 milhões de euros.

A anterior gestão PS deixou dívidas ao movimento associativo do concelho de mais de 200 mil euros, um empréstimo bancário de curto prazo de 6 milhões de euros que terá que ser pago até ao final do corrente ano, despesas assumidas mas que não cumpriram os procedimentos legais de aprovação no Município e que, só em obras já realizadas, ultrapassam um milhão de euros, já para não falar dos numerosos processos judiciais em que a Câmara é demandada, sendo certo que os valores em causa são muito elevados.

A CDU encontrou uma Câmara que em muitos setores faltam as condições mínimas de funcionamento, em que não havia contrato de manutenção para os elevadores, para os sistemas de bobagem, para os semáforos ou para as grandes reparações dos parques infantis, etc.

 

CDU toma medidas!

De modo a inverter o estado de degradação dos serviços e devolver a autarquia aos munícipes, os eleitos da CDU no primeiro mês de trabalho tomaram um conjunto de medidas, das quais destacamos:

- Garantir o pagamento aos bombeiros e às freguesias em primeiro lugar, estando a trabalhar para responder a todas as questões em que estejam em risco situações de rutura para o Munícipio ou para otras entidades.

- Lançaram a auditoria à gestão e à situação financeira do Município.

- Redução dos gastos com viaturas, designadamente ligeiras, desde logo uma drástica redução dos carros atribuídos aos gabinetes da presidência e dos vereadores.

- Alaliação de todas as avenças existentes no Munícipio que se traduzirão em poupanças e em melhorias para a gestão dos serviços.

- Alargar o prazo de discussão do Plano Director Municipal, promovendo a discussão pública do mesmo junto das populações.

A CDU está a arrumar a casa, num processo demorado e dificil, usando da máxima transparência na gestão municipal, seja para dar a conhecer os problemas existentes, seja para justificar as medidas tomadas.

Ler declaração de Bernardino Soares na integra »

 

 

 

 

Share/Save/Bookmark

FACEBOOK

SAIU O AVANTE

ADERE AO PCP

adere_orl_pcp_2014.jpg

NEWSLETTER



Receber em HTML?

PROCURAR NA PÁGINA