A Câmara Municipal de Loures aprovou, em reunião de Câmara, no passado dia 8 de janeiro, uma Moção apresentada pela CDU sobre o Orçamento de Estado para 2014. A CDU e os seus eleitos no executivo camarário considera o documento lesivo para as autarquias locais, trabalhadores e para a qualidade de vida da população em geral.

O Orçamento de Estado para 2014 apresentado pelo Governo PSD /CSD-PP reduz os rendimentos dos trabalhadores, aumenta o número de desempregados, degrada os serviços públicos através das privatizações, da redução de verbas para os serviços públicos e para as autarquias locais.

A moção denúnciar a diminuição de recursos financeiros para as autarquias locais e exige uma mudança de política que através de uma renegociação da dívida permita investir no desenvolvimento do país e no aumento dos salários e pensões.

A moção apresentada rejeita as privatizações de importantes serviços – como por exemplo os CTT e, em particular, a EGF (Empresa Geral do Fomento) – que, a ser concretizada, entrega a privados a Valorsul, empresa que presta o serviço público essencial e de qualidade e que todos os anos entrega os seus lucros ao Estado e aos municípios associados.

Ler moção »

Share/Save/Bookmark

FACEBOOK

SAIU O AVANTE

ADERE AO PCP

adere_orl_pcp_2014.jpg

NEWSLETTER



Receber em HTML?

PROCURAR NA PÁGINA