Os vereadores da CDU na Câmara Municipal de Loures apresentaram na reunião realizada hoje, 24 de Abril, uma proposta de deliberação no sentido de a Câmara mostrar a sua oposição a novas propostas de agregação de escolas/agrupamentos.

Para a CDU tais agregações não servem o propósito de promoção e melhoria do sucesso educativo que preconiza para o Concelho de Loures.

A proposta foi aprovada com a abstenção do PSD

Ler proposta»»  

Share/Save/Bookmark
 


Os vereadores da CDU na Câmara Municipal de Loures votaram contra os documentos de prestação de contas da Câmara Municipal e dos Serviços Municipalizados de Loures relativos a 2011.

Os Documentos de Prestação de Contas demonstram os resultados de uma política aventureira, que, com o objetivo de atingir a maioria absoluta em 2009, executou um conjunto de investimentos para o qual a CML não estava preparada e que desequilibrou profundamente a situação económica e financeira do Município.

A situação só não é mais grave, porque a firme denúncia, pela CDU, de novas “fugas para a frente”, consubstanciadas na opção de contrair um empréstimo de 39 milhões de euros - que a Câmara Municipal chegou a aprovar, e que comprometeria por muitos anos a capacidade financeira do Município - contribuiu decisivamente para impedir novas aventuras.
 
Nos Serviços Municipalizados de Loures, os eleitos da CDU voltaram a alerta para os brutais aumentos das tarifas de águas residuais, bem como para as perdas de água na rede, que aumento para 37,3%, o que corresponde a um desperdício superior a 10,7 milhões de euros.

Ler Declaração de Voto sobre Prestação de Contas da CML »»

Ler Declaração de Voto sobre Prestação de Contas dos SMAS »»

Share/Save/Bookmark
 

Os Vereadores da CDU na Câmara Municipal de Loures entregaram hoje ao Ministro da Saúde, durante a inauguração do Hospital de Loures, uma Carta Aberta manifestando a sua posição e reivindicações face ao encerramento das urgências do Hospital Curry Cabral e ao encaminhamento das populações das freguesias de Santa Iria de Azóia, São João da Talha, Bobadela, Sacavém, Moscavide, Prior Velho e Portela para o serviço de urgências do Hospital de São José.

Durante a inauguração do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, os autarcas da CDU mostraram-se igualmente solidários  com as comissões de utentes e população  que  se manifestou em protesto pelas medidas que o governo tem vindo a tomar na área da saúde e exigindo melhores condições dos serviços de saúde no Concelho de Loures.

Ler Carta Aberta dos Vereadores da CDU »» 

Share/Save/Bookmark
 

O Governo apresentou, recentemente, na Assembleia da República, uma proposta de Lei sobre a Reorganização Administrativa Territorial Autárquica, que, a ser aprovada, motivaria o desmantelamento da estrutura administrativa portuguesa, tal como a conhecemos.

Esta proposta visa impor, de forma administrativa e autoritária, a redução substancial do número de freguesias existentes, destruindo uma rede de serviços públicos de proximidade que, em muitos casos, são o mais importante ou mesmo o único ponto de apoio a populações carenciadas.

Perante este primeiro avanço na ofensiva global sobre o Poder Local Democrático, a que outros se seguirão, nos capítulos de redução do número de municípios, das competências, do financiamento e gestão e do setor empresarial local, os eleitos da CDU na Câmara Municipal de Loures apresentaram uma moção propondo que a Câmara rejeitasse desde já a proposta do Governo, bem como manifestasse a todos os eleitos das freguesias e seus fregueses, a sua solidariedade e disponibilidade para, em conjunto, trabalhar para impedir a extinção forçada das freguesias do Concelho de Loures.

A moção da CDU foi aprovada por unanimidade.

Artigos relacionados:

- Assembleia Municipal de Loures rejeita Documento Verde da Reforma da Administração Local

- Santo Antão do Tojal: Sobre a extinção da Freguesia, PS mostra total hipocrisia


- Freguesia de Bucelas em risco! Pode ser anexada ou extinta 

Share/Save/Bookmark
 

A maioria PS que governa a Câmara Municipal, numa clara tentativa de aproveitamento político, aprovou na última reunião de câmara a atribuição do nome do atual presidente do município, Carlos Teixeira, a uma artéria de acesso ao Hospital de Loures, passando esta a designar-se Avenida Carlos Teixeira.

Os eleitos da CDU e do PSD apresentaram em conjunto uma proposta alternativa (ver aqui) no sentido de designar a via como “Avenida do Poder Local Democrático”, homenageando assim todos os autarcas e populares que ao longo dos anos lutaram pelo progresso do Concelho.

A maioria absoluta do PS rejeitou a proposta da oposição, mantendo-se intransigente em atribuir o nome do atual presidente da câmara.

O PS faz assim uma tentativa despudorada de partidarização da conquista do Hospital de Loures e esquece propositadamente autarcas e população de Loures com e sem partido político que durante décadas lutaram para que o Hospital de Loures fosse uma realidade.

Share/Save/Bookmark
 
Mais artigos...

FACEBOOK

SAIU O AVANTE

ADERE AO PCP

adere_orl_pcp_2014.jpg

NEWSLETTER



Receber em HTML?

PROCURAR NA PÁGINA