O Tribunal Administrativo decidiu pela perda de mandato do actual Presidente da União de Freguesias de Sacavém e Prior Velho, Filipe Santos, verificada a sua inelegibilidade face à circunstância de desempenhar um cargo de direcção nos antigos SMAS de Loures, actuais SIMAR, no âmbito de um processo movido pelo Ministério Público e não pela CDU, como falsamente a Junta afirma.

Neste processo a actuação do Presidente da Junta é politicamente condenável. Desde logo por não ter acautelado as condições de legalidade da sua candidatura, posteriormente, estando patente a sua ilegalidade, nada fazendo para sanar, mantendo a acumulação de funções, presidente de junta e dirigente dos SMAS. Condenável é também a sonegação aos membros da Assembleia de Freguesia de informações relevantes sobre a vida da autarquia e a ocultação desta ilegalidade à população.

Ler informação da CDU na íntegra»

 

 

 

Share/Save/Bookmark
 

Ler comunicado

Share/Save/Bookmark
 

Realizou-se na passada sexta-feira, 27 de Março uma concentração contra o encerramento do Centro de Emprego em Sacavém.

A concentração promovida pela CDU contou com a participação de várias dezenas de populares assim como de eleitos da CDU das freguesias de Santa Iria, São João da Talha, Bobadela, Sacavém, Prior Velho, Moscavide, Portela, Camarate, Unhos e Apelação, bem como a participação de Maria Eugénia Coelho, vereadora da CDU na Câmara Municipal de Loures.

Esta iniciativa foi a reafirmação da oposição ao encerramento dos serviços públicos, uma medida de carácter meramente economicista que acarreta prejuízos para a população.

Ler comunicado CDU

Share/Save/Bookmark
 


No sábado, dia 15 de março, a CDU Sacavém e Prior Velho realizou mais uma visita de trabalho com a participação de activistas locais, eleitos na Assembleia da União de Freguesias de Sacavém e Prior Velho e de Tiago Matias, vereador da CDU na Câmara Municipal de Loures.

Na promoção de contactos regulares com os moradores e associações, a visita visou a identificação de problemas existentes nomeadamente na Rua Dr. António da Silva Patacho bem como de acompanhamento ao trabalho decorrente da anterior visita às urbanizações dos Terraços da Ponte e Real Forte.

Share/Save/Bookmark
 

O Governo encerrou, no passado dia 31 de janeiro, o serviço da Segurança Social em Sacavém (Serviço Local de Atendimento de Ação Social de Loures), sediado na Quinta do Património, preparando-se também para encerrar os serviços do Centro de Emprego existente na cidade.

A CDU contesta estas decisões por considerar que as mesmas são profundamente penalizadoras dos cidadãos e do seu direito a uma boa acessibilidade aos serviços públicos, que deste modo se veem obrigadas a deslocações a Lisboa ou a Loures.

O encerramento destes serviços, integrado na lógica de destruição das funções sociais do Estado e consequente privatização das mesmas, afetará uma população de mais de 100 mil habitantes.

Share/Save/Bookmark

Continuar...

 
Mais artigos...

FACEBOOK

SAIU O AVANTE

ADERE AO PCP

adere_orl_pcp_2014.jpg

NEWSLETTER



Receber em HTML?

PROCURAR NA PÁGINA