Cristina Torres e Beatriz Goulart, candidatas CDU à Assembleia da República acompanhadas por Bernardino Soares, Presidente da Câmara Municipal de Loures, outros eleitos, militantes e activistas da CDU no Concelho de Loures,  participaram ontem, dia 9 de Setembro, numa acção de contactos pelas ruas da Bobadela. Das muitas preocupações relatadas pela população, ressaltaram duas com maior relevância, o encerramento do Centro de Saúde e a falta de poder de compra. Como sabemos, este problema económico afeta toda a população, por um lado, os comerciantes vêem as suas vendas a diminuir, por outro, os clientes perdem poder de compra. É um ciclo de estagnação económica que é urgente travar!

Nas muitas conversas que tivemos com a população ouvimos críticas e elogios, estes com maior peso. O apoio à CDU foi bem sentido em frases como:

“É preciso acordar esta gente que está um bocadinho adormecida!”

“Vai um, fica outro e fica tudo na mesma” (em relação à alternância PS-PSD/CDS)

E ainda… “Eu já mudei de cor!”

Share/Save/Bookmark
 

Numa ação de contacto bastante dinâmica, a CDU foi muito bem acolhida por pensionistas e reformados que sabem que sempre puderam e sempre poderão contar com esta força política para defender os seus direitos. Esta população faz parte de uma faixa etária bastante frágil e fragilizada com as medidas de austeridade que têm vindo a ser praticadas ao longo dos últimos anos de políticas de direita.

A CDU cá está para os defender, agora e sempre!"

Share/Save/Bookmark
 

O Grupo Parlamentar do PCP na Assembleia da República exige respostas do Governo relativamente ao anúncio de deslocalização da Triumph International (localizada em Sacavém, concelho de Loures), que labora no nosso país há mais de 50 anos. A subsidiária nacional obteve um volume de negócios de 21.407.328€ em 2013, sendo que no ano de 2014 contava com 570 trabalhadores ao seu serviço e um Valor Acrescentado Bruto de 12.804.384€. Segundo a informação obtida junto dos representantes dos trabalhadores, Triunfo Internacional verá a sua produção deslocalizada para o Chile, Vietname e India, sendo a deslocalização motivada pelo desejo de baixar os custos de produção, designadamente no que toca à despesa com salários e proteção social. 

Ler Pergunta ao Governo em PDF

Ler Pergunta no Parlamento Europeu em PDF

 

 

Share/Save/Bookmark
 

Evocação dos 70 anos do assassinato de Alfredo Dinis, “Alex”

A Comissão Concelhia de Loures do PCP, assinala este sábado, a 4 de Julho, os 70 anos do assassinato pela PIDE, na Estrada da Bemposta-Bucelas, de Alfredo Dinis, membro do Comité Central e da Comissão Política do Partido Comunista Português com uma Romagem, nesta localidade, ao seu Memorial, entre outras iniciativas.

Alfredo Dinis, assassinado, na manhã de 4 de Julho de 1945, aos 28 anos de idade, foi um abnegado revolucionário e militante comunista, que dedicou o melhor da sua curta vida à luta dos trabalhadores e do povo português contra o fascismo e pela liberdade.

Operário metalúrgico, iniciou a sua actividade política e partidária contra a ditadura ainda muito jovem. Foi membro da Federação das Juventudes Comunistas e pertenceu ao Socorro Vermelho Internacional. Como membro do PCP, foi responsável por importantes organizações na região de Lisboa, Ribatejo, Margem Sul do Tejo e Litoral Alentejano.

Preso pela PIDE em Agosto de 1938, “Alex” foi contudo um dos principais organizadores das grandes jornadas populares e grevistas que tiveram lugar em Novembro de 1942 e em Julho-Agosto de 1943, bem como das greves de 8 e 9 de Maio de 1944 a cujo comité de greve pertenceu.

 

Share/Save/Bookmark

Continuar...

 

 

O Governo anunciou recentemente a conclusão do processo de privatização do Grupo EGF, responsável pela gestão da grande maioria dos resíduos sólidos urbanos produzidos no país.

A Valorsul, empresa pública do grupo EGF, sedeada em São João da Talha, procede ao tratamento dos resíduos sólidos urbanos produzidos no concelho, servindo ainda mais 18 municípios, incluindo Lisboa.

Os trabalhadores da Valorsul e a Câmara Municipal de Loures desenvolveram inúmeras diligências, a que se associaram os restantes municípios, visando chamar o governo à razão e provando que o interesse público impunha a anulação do processo de privatização.

A Valorsul detém uma elevada competência tecnológica, com experiência de muitos anos a tratar de forma ambientalmente segura os resíduos de 1,6 milhões de habitantes, gerindo um sistema integrado que promove a valorização e a reciclagem dos lixos.

A Valorsul é também uma empresa pública que desde a sua criação apresenta anualmente lucros.

Share/Save/Bookmark

Continuar...

 
Mais artigos...

FACEBOOK

SAIU O AVANTE

ADERE AO PCP

adere_orl_pcp_2014.jpg

NEWSLETTER



Receber em HTML?

PROCURAR NA PÁGINA